10 Sinais de Que Uma Pessoa Não Está Pronta Para Um Relacionamento Sério

Todos queremos algo de uma relação ainda que alguns só queiram algo casual e menos comprometido do que pode ser a expectativa geral.

É importante identificar alguns sinais que possam dizer que a outra pessoa não quer um relacionamento sério. Esta clareza pode-nos ajudar a evitar deceções no final.

Não são progressivas sobre a relação

Um relacionamento é como uma planta. Tem que ser alimentado para crescer. Tal evolução é o que levará à solidez e à certeza. No entanto se a pessoa não vê uma relação como progressiva ou para desenvolver e não está disposta a despender energia para impulsionar a relação à maturidade então é óbvio que a pessoa não está preparada para algo sério.

Preferem receber ao invés de dar

Eles estão sempre atrás daquilo que lhes traz benefício na relação. Realmente não querem fazer nenhum sacrifício que possa torná-los mais envolvidos. Dar algo a um relacionamento para eles é uma merda enquanto receber fá-los sentir que estão no controle.

Não construíram grandes relações no passado

É deixá-los olhar para o espelho e dizer o que vêem. As chances são de que vão dizer que eles passaram por tantas relações casuais que não sabem definir ou dizer o que significa um relacionamento de verdade. Se as relações que tiveram no passado foram casuais e terminaram, a verdade é que também não investiram para ter relacionamentos de sucesso.

São esquivos

Em qualquer conversa que entre no contexto do relacionamento sério, esquivam-se. Eles vão falar vagamente sobre o que realmente querem de uma relação. Na verdade não têm uma clareza sobre o que querem e sendo evasivo sobre isso também não se comprometem.

Já foram magoados muitas vezes

Esta é uma bandeira vermelha. Ser magoado faz as pessoas porem travão no compromisso e dar menos garantias com medo de investir e voltarem a magoar-se. Pessoas assim preferem jogar pelo seguro e ficar longe de algo real.

Evitam a tua família e amigos

Eles vêem a tua família e amigos como elementos que representam o compromisso e responsabilidade, algo para o qual eles não estão realmente prontos. Irão evitar conhecer pessoas que são realmente próximos e íntimos de ti.

Fazem exigências desnecessárias

Podes dizer que eles são perfecionista ou… que eles apenas ficam irritados para te distrair de bons momentos que poderiam nascer do vosso relacionamento. Eles realmente querem e esperam que tudo seja perfeito em ti e em tudo o que diz respeito ao relacionamento.

Preocupam-se mais com os aspectos negativos de um relacionamento

Não vêem os aspectos positivos de um relacionamento de verdade. Eles falam contra os relacionamentos com os amigos, familiares e entes queridos. Parecem não entender a profundidade e significado de uma relação real e preferem falar negativamente sobre isso.

Têm problemas em confiar nos outros

Não conseguem confiar noutras pessoas, especialmente as suas emoções e sentimentos. Eles sentem que a outra pessoa no relacionamento pode traí-los e machucá-los, então tentam jogar pelo seguro e esconder-se atrás do manto da desconfiança e descrença.

Querem ser livres

Eles querem ser livres. Valorizam a liberdade e não querem que essa liberdade ou independência seja perturbada por ninguém. Vêem uma relação como um obstáculo para ser livre e fazer aquelas coisas que eles gostam.

No final cabe-te a ti entender estes sinais e estar disposto a oferecer a essas pessoas o espaço que eles precisam, ou não. O importante é saberes o que queres tu numa relação.


Concordas com o que foi dito aqui? Conta-nos a tua experiência 😉

9 Razões Pelas Quais Um Verdadeiro Homem Não Te Trai

É claro que a traição não é monopolizado por nenhum dos géneros. Os homens traem, as mulheres traem e, de acordo com os estudos, eles têm diferentes razões para o fazer.

Não acho que podemos necessariamente dizer que os homens trem por este motivo ou que as mulheres traem por aquele motivo. Cada pessoa e cenário individual gera uma razão ou razões próprias. Dito isto, acho que devemos ter cuidado com declarações gerais do género “todos os homens traem”.

Há várias razões pelas quais nunca passaria pela cabeça, de um verdadeiro homem, a traição e aqui estão 9 delas:

1- Um Verdadeiro Homem aprecia o que tem

Obviamente que esta é uma boa razão. Quanto mais aprecias o teu companheiro, mais valor lhe dás e menos riscos queres correr em perde-lo. Um homem que aprecia e ama verdadeiramente a sua companheira nunca coloca em risco a sua relação por uma traição.

2- Um Verdadeiro Homem evolui para além dos seus instintos primitivos

Se para alguns a monogamia não é natural do ser humano, um Verdadeiro homem sabe que o ser natural não é o importante. A monogamia é uma escolha. Um Verdadeiro homem tem a capacidade de resistir aos seus instintos naturais por uma escolha muito melhor que fez para si próprio.

3- Um Verdadeiro Homem valoriza uma relação de amor em vez de uma relação fugaz

Quando te sentes comprometida numa relação com alguém existem muitas outras coisas para além do s3xo. Quando duas pessoas respeitam e amam genuinamente uma à outra passam por qualquer coisa juntos. Quando um homem encontra este tipo de relação, não faz sentido deitar tudo a perder por uns minutos de satisfação sexual. É uma promessa para a pessoa que ama, comprometer-se com ela e só com ela.

4- Um Verdadeiro Homem tem “consciência”

Uma razão forte, apesar de tudo, é o peso da consciência. A culpa constante associada à traição para com a mulher que ama e fingir que está tudo bem, é muito difícil de lidar.

5- Um bom homem tem respeito pela mulher que ama

Trair é desrespeitar. Trair é mentir e quebrar a confiança de alguém por quem se tem muito respeito.

6- Um Verdadeiro Homem respeita-se a si próprio

“Integridade é fazer a coisa certa mesmo que ninguém esteja a ver.” Alguns homens não traem pelo medo de serem apanhados mas um Verdadeiro homem mantém-se fiel mesmo sabendo que, de maneira alguma, seria descoberto.

7- Um Verdadeiro Homem não faz as coisas da forma mais fácil

Trair é, de alguma forma, fazer as coisas da forma mais fácil. É a forma mais fácil de sair de uma má relação, a forma mais fácil de evitar responsabilidades, é a maneira mais fácil de evitar enfrentar os problemas e lidar com eles como adulto. Separações e desavenças acontecem todos os dias e um Verdadeiro homem sabe disso e sabe lidar com isso sem ser da forma mais fácil.

8- Um Verdadeiro Homem nunca trai um amigo

Numa relação feliz e saudável, para além do amor existe a amizade. Um Verdadeiro homem nunca trai ou deixa sozinho um amigo.

9- Um Verdadeiro Homem não tem tempo para trair

Podes pensar que esta não é uma razão válida. Lá porque ele tem tempo livre quer dizer que vai trair? Nada disso! Se um Verdadeiro homem tem mais tempo livre, usa-o para amar ainda mais e dedicar à mulher que tem ao seu lado!


Concordas ou achas que não é assim? Deixa-nos a tua opinião 😉

15 Conselhos Amorosos Ditos Por Especialistas Em Relacionamento

Os relacionamentos já não são o que eram ​​(e isso é bom). Mas o que é honestamente necessário para fazer um romance moderno funcionar? Os relacionamentos são confusos. A experiência pessoal comprova isso também: do nosso romance da oitava série ao nosso mais recente drama de separação, “o amor não é fácil” é uma lição de vida que conhecemos muito bem.

Não importa o teu status – solteiro, namorado, noivo ou casado – os relacionamentos dão certo. E se eles terminam com lágrimas e o vazio ou duram até sempre isso pode depender de inúmeros fatores, mas as tuas próprias ações, palavras e pensamentos, sem dúvida, desempenham um papel muito importante.

Uma coisa que te dará uma vantagem no jogo do amor? Absorver toda a sabedoria que possas ter de terapeutas de relacionamento, pesquisadores, casamenteiros e muito mais. Aqui, nós mostramos os melhores 15 conselhos de especialistas em relacionamento. Independentemente da tua situação pessoal, estas palavras podem ajudar-te a descobrir a chave para uma felicidade duradoura.

1. Faz ou diz algo diariamente para mostrar a tua apreciação

“Dizer e fazer pequenas e simples expressões de gratidão todos os dias gera grandes recompensas. Quando as pessoas se sentem reconhecidas como especiais e apreciadas, ficam mais felizes nesse relacionamento e mais motivadas para tornar o relacionamento melhor e mais forte. E quando digo simples, é mesmo isso. Faz pequenos gestos que mostrem que prestas atenção: Abraça, beija, dá as mãos, compra um pequeno presente, envia um cartão, faz uma sobremesa favorita, abastece gasolina no carro ou diz ao teu parceiro: “Tu és sexy” “Tu és o melhor pai/mãe”, ou simplesmente diz “Obrigado por seres tão maravilhoso.” 

– Terri Orbuch, Ph.D., professor da Universidade de Oakland

2. Cada relação tem valor, independentemente de quanto tempo dura.

“Não existe um romance fracassado. Os relacionamentos simplesmente evoluem para o que sempre foram feitos. É melhor não tentar fazer de algo que seja sazonal ou temporário um relacionamento duradouro. Deixa-te levar e aproveita a jornada.” 

– April Beyer, casamenteiro e especialista em namoro e em relacionamento

3. Nunca tomes o teu parceiro como garantido.

“Isso pode parecer óbvio, mas não imaginas quantas pessoas chegam à terapia de casal tarde demais, quando o parceiro acaba com um relacionamento e quer acabar com ele. É muito importante perceber que todos têm potencialmente um ponto de ruptura, e se as tuas necessidades não forem satisfeitas ou não se sentirem vistas pelo outro, é mais do que provável que o encontrem noutro lugar. Muitas pessoas supõem que só porque estão bem sem as coisas que querem o seu parceiro também está. Nenhum relacionamento é perfeito pelo que não deve ser usado como uma racionalização da complacência.” 

– Irina Firstein, LCSW, terapeuta individual e de casais

4. Lembra-te de fazer pausas.

“Um amigo ensinou-me que não importa o quão apaixonado estejas ou por quanto tempo vocês estejam junto, é importante deixar respirar o parceiro. Sair com as/os amigos até tarde da noite, fazer uma viagem de fim de semana para visitar a família, ou simplesmente passar o tempo a fazer o que apetece. Então, quando fores para casa,  vocês dois estarão recarregados e prontos para se unirem ainda mais forte. ” 

– Amy Baglan, CEO do MeetMindful, um site de encontros para pessoas que vivem de forma saudável, bem-estar e mindfulness

5. Não é sobre o que tu briga – é como tu brigas.

“Os pesquisadores descobriram que quatro mensagens de conflito são capazes de prever se os casais permanecem juntos ou se divorciam: desprezo, críticas, obstrução (ou retirada) e defesa. Juntos, eles são conhecidos como os ‘Quatro Cavaleiros do Divórcio’. Em vez de recorreres a essas táticas negativas, luta de forma justa: procura lugares em que o objetivo de cada parceiro se sobreponha a um objetivo comum compartilhado e construam a partir disso. Além disso, foca no uso de linguagem “eu” versus “você.” 

– Sean M. Horan, Ph.D., professor assistente de comunicação da Texas State University

6. Parem de tentar ser “tudo” um do outro.

“‘És tudo para mim’ é uma péssima letra pop e um plano de relacionamento ainda pior. Ninguém pode ser ‘tudo’ para ninguém. Cria relacionamentos fora da relação, ou o relacionamento não funcionará mais.” 

– Matt Lundquist, LCSW, terapeuta de casais

7. Não basta ir para o grande O.

“O sexo não é apenas sobre orgasmos. É sobre sensação, intimidade emocional, alívio do stresse, melhora da saúde (melhor sistema imunológico e cardiovascular) e maior ligação emocional com o teu parceiro, graças à maravilhosa libertação de hormonas devido ao toque físico. Há muitas outras razões para fazer sexo do que apenas o orgasmo. ” 

– Kat Van Kirk, Ph.D., licenciada em casamento e terapeuta sexual, especialista em Adam and Eve e especialista em Greatist

8. Procura alguém com valores semelhantes aos teus.

“Para um amor duradouro, quanto mais similaridade (por exemplo, idade, educação, valores, personalidade, hobbies), melhor. Os parceiros devem estar especialmente certos de que os seus valores combinam antes de se casar. Embora outras diferenças possam ser acomodadas e toleradas, uma diferença de valores é particularmente problemática se o objetivo for amor duradouro. Um outro segredo para um casamento longo: ambos os parceiros precisam comprometer-se a fazê-lo funcionar, não importa o que aconteça.A única coisa que pode romper um relacionamento são os próprios parceiros. ” 

– Kelly Campbell, Ph.D., professor associado de psicologia na California State University, San Bernardino

9. Tenta uma melhor abordagem.

“Pesquisas mostram que a forma como um problema é criado determina como o resto da conversa irá decorrer assim como o resto do relacionamento. Muitas vezes, uma questão é levantada atacando ou culpando o parceiro, também conhecido como crítica que é um dos assassinos de um relacionamento. Então começa gentilmente. Em vez de dizeres: “Tu deixas sempre os copos em todo o lado! Por que não escolher outra forma de dizer? Tenta uma abordagem mais gentil, concentrando-te na tua própria reação emocional e num pedido positivo. Por exemplo: “Eu fico irritado quando vejo copos na sala de estar. Por favor, podes coloca-los de volta na cozinha quando terminares?” 

– Carrie Cole, M.Ed., LPC-S, terapeuta certificada do Gottman e instrutora master do The Gottman Institute

10. Verifica se atendes às necessidades do teu parceiro.

“A primeira coisa que aprendi sobre o amor é que é um comércio e uma troca social, não apenas um sentimento. Relacionamentos amorosos são um processo pelo qual atendemos as nossas necessidades e atendemos às necessidades dos nossos parceiros também. Quando essa troca é mutuamente satisfatório, então bons sentimentos continuam a fluir. Quando não é, então as coisas azedam, e o relacionamento termina. É por isso que é importante prestar atenção ao que tu e o teu parceiro realmente fazem um pelo outro como expressões de amor. … não apenas como te sentes no momento.” 

– Jeremy Nicholson, Ph.D., psicólogo e especialista em namoro

11. Cuida-te.

“Há uma causa importante nos problemas de relacionamento: auto-abandono. Podemos nos ‘abandonar’ em muitas áreas: emocional (julgando ou ignorando os nossos sentimentos), financeiro (gastando irresponsavelmente), organizacional (atrasado ou confuso), físico (comer mal, não fazendo exercício), relacional (criando conflitos num relacionamento), ou espiritual (dependendo muito do teu parceiro para o amor) Quando decides aprender a amar a ti mesmo ao invés de continuares a abandonar a ti mesmo, vais descobrir como criar um relacionamento amoroso com o teu parceiro .” 

– Margaret Paul, Ph.D., especialista em relacionamentos e co-criadora da Inner Bonding

12. Não te esqueças de manter as coisas quentes.

“Muitas vezes as pessoas ficam cada vez mais tímidas com a pessoa que amam à medida que o tempo passa. Os parceiros começam a considerar o seu amor como algo garantido e esquecem de se manterem ligados e continuarem a seduzir o outro. Mantém a tua ‘estima sexual’ viva mantendo certas práticas numa base regular. Isto permite que permaneças vibrante, sexy e envolvido na tua vida amorosa .” 

– Sari Cooper, LCSW, terapeuta individual e de casais 

13. Remove a pressão no desempenho.

“O modelo de sexo penis-vagina vem com pressões, como ter um orgasmo ao mesmo tempo ou a ideia de que um orgasmo deve acontecer com a penetração. Com essas expectativas estritas vêm uma pressão no desempenho que leva muitos a sentirem uma sensação de orgasmo.” Em vez disso, tenta expandir o teu conceito de sexo para incluir qualquer coisa que envolva uma conexão íntima com o teu parceiro, como massagens sensuais, tomar um bom banho ou tomar banho juntos, ler uma história erótica juntos, brincar com alguns brinquedos divertidos … as possibilidades são infinitas. E se o orgasmo acontece, ótimo, e se não, tudo bem também. Quando tu expandes a tua definição de sexo e diminuis a pressão sobre o orgasmo e a penetração, a ansiedade em torno do desempenho dissipa-se e  a tua satisfação aumenta. ” 

– Chelsea Holland, DHS, MS, terapeuta sexual e de relacionamento no The Intimacy Institute

14. Cria uma vida plena para ti.

“Como muitas pessoas, eu cresci acreditando que o casamento exigia auto-sacrifício. Muita coisa. Minha esposa, Linda, ajudou-me a ver que eu não precisava me tornar um mártir e sacrificar a minha própria felicidade para fazer o nosso casamento funcionar Ela mostrou-me que a minha responsabilidade em criar uma vida satisfatória e prazerosa para mim era tão importante quanto qualquer outra coisa que eu pudesse fazer por ela ou pelas crianças. Com os anos, ficou cada vez mais claro para mim que a minha responsabilidade de sustentar o meu próprio bem-estar é tão importante quanto a minha responsabilidade para com os outros. É mais fácil dizer do que fazer, mas talvez seja a coisa mais importante que podemos fazer para garantir que o nosso relacionamento seja mutuamente satisfatório. ” 

– Charlie Bloom, MSW, especialista em relacionamentos e autor de Segredos de Grandes Casamentos: Verdade Real de Casais Reais sobre o Amor Duradouro

15. Identifiquem os “bons conflitos” e trabalhem neles juntos.

“Todo o casal tem o que eu chamo de ‘bom conflito’.” Em relacionamentos de longo prazo, muitas vezes sentimos que a coisa que tu mais precisas do teu parceiro é a coisa que ele ou ela é menos capaz de te dar.Este não é o fim do amor – é o começo de um amor mais profundo! Não é correr desse conflito, é suposto estar lá. Na verdade, é a tua chave para a felicidade como casal – se vocês dois conseguirem nomeá-lo e se comprometerem a trabalhar juntos como um casal. Amargura, culpa e desprezo só tornará o teu relacionamento tóxico.” 

– Ken Page, LCSW, psicoterapeuta e autor de Deeper Dating: Como abandonar os jogos de sedução e descobrir o poder da intimidade.


Que achaste deste artigo? Gostava de saber a tua opinião 🙂

Antes de Dizeres "Sim, Aceito!", Confere se Sentes Estas 5 Emoções

Há muito mais coisas numa relação do que apenas emoções — o mesmo vale para o amor. Entendemos o que a pessoa significa para nós pelo que sentimos por ela e pelo que ela nos faz sentir.

As nossas emoções fazem-nos sentir vivos de alguma maneira, agarram-nos ao mundo fora de nós. Sem elas, nada parece real porque nada se “sentiria” real.

Mas as emoções não existem no plano físico, não existem fora de nós. Por esta razão, se o amor é mais do que uma emoção ou uma teia de emoções, então o amor não existe realmente (no plano físico).As emoções, o que sentimos, são as nossas reacções a amar. É por isso que o amor nunca é o mesmo para duas pessoas, mudando ao longo do tempo, à medida que o relacionamento evolui. Não é que o amor que muda, mas a maneira que o interpretamos.
As emoções são cruciais para um relacionamento amoroso, porque são elas que nos fazem lembrar que o amor que temos ainda está vivo. Por isso mesmo,fica a sugestão, antes de dizeres “Sim, Aceito!”, confere se sentes estas 5 emoções.

DESEJO INTENSO

Não será sempre intenso, mas isso é porque não pode ser. O nível de desejo que sentes pelo teu companheiro irá variar. Haverá dias em que não vão conseguir manter as mãos afastas um do outro assim como haverá outros dias em que não vão sentir qualquer necessidade disso. Assim como em todas as outras emoções, o desejo nunca será constante. A maioria dos casais entra em pânico quando o desejo desaparece porque não entendem que é possível voltar ao estado anterior, que é uma fase.
A única coisa que não é válida, é fingir. Se nunca sentiste desejo por essa pessoa, não fiques anos à espera que isso mude, porque não vai mudar.

CIÚMES

Esta é um pouco complicado e pode levar a más interpretações. Claro que não se fala aqui de sentir ciúmes muitas vezes — porque isso definitivamente não é um bom sinal — mas também precisas sentir ciúmes de vez em quando.
Os ciúmes só são maus se agirmos erradamente com eles porque a sensação em si é inofensiva. Mais do que isso, pode ser incrivelmente útil para manter as coisas interessantes uma vez que nos lembra o quanto queremos manter a pessoa do nosso lado.
Enquanto souberes usar esse ciúme como uma motivação positiva, então o teu relacionamento só beneficiará dele.
Se não houver nenhum ciúme no relacionamento (vê lá bem no fundo), talvez te queiras perguntar porquê.

SAUDADE

Se nunca sentes saudades ou falta da pessoa quando ela não está por perto, às vezes de uma forma tão forte ao ponto de se tornar desagradável, então acho que não estás apaixonado. Amar alguém é encontrar nesse alguém uma pessoa que entendes e com quem sentes uma forte ligação. Uma vez que encontras essa pessoa não queres que haja distância entre vocês.
Isto não é constante (como o resto) mas necessário, caso contrário a relação vai falhar.

FELICIDADE ABSOLUTA

Ora estás apaixonado ou não estás É esse momento em que percebes que essa pessoa, que há pouco tempo atrás era um estranho, é tudo para ti. Podias perder o emprego, partir uma perna, estragar alguma coisa sagrada para ti mas enquanto esta pessoa for parte da tua vida, nada mais interessa.
Este é o momento em que percebemos que estamos apaixonados, e se isso soa estranho para ti, então lamento, mas ainda não encontraste o tal.

ESPERANÇA

Dizem que o amor nos dá uns óculos cor-de-rosa, que matiza a nossa percepção do mundo que nos rodeia e nos faz vista grossa para todo o mal que há por aí. Não creio que seja correto. Encontrar o amor não nos torna cegos, torna-nos esperançosos. Dá a esperança da possibilidade de que as coisas vão acabar bem. Dá a esperança de que o mundo não pode ser tão horrível como tantas vezes parece. Esperança de uma vida preenchida com mais felicidade e menos tristeza.
Sabemos muito pouco sobre a vida e o mundo que nos rodeia, mas perdemos o medo de pensar que estamos completamente perdidos com o amor.

 

7 Gestos Românticos Que Fazem as Mulheres Desmaiar (Meninos, Tomem Nota!)

Depois de um tweet a questionar sobre os gestos românticos que realmente fariam as mulheres desmaiar, vários foram os comentários com sugestões de gestos românticos.

Feito um apanhado dos que causaram maior impressão, estes são os resultado:
1. Faz algo para ela.
Escreve um poema ou uma música, desenha uma foto ou um cartão, emoldura uma foto – que tu tiraste! – de vocês dois juntos, cozinha um jantar especial com todos os seus pratos favoritos; seja o que for, se for feito pelas tuas mãos, ela vai-se derreter.
“Eu adoraria, amaria, amaria ter algo criativo feito por mim … seja um poema ou uma música ou uma foto pintada, mostra tempo, esforço e emoção, e não precisa custar nada!”
“O meu presente mais romântico de sempre, foi um ipod personalizado com o seu apelido para mim. Estava cheio de músicas que significavam algo para nós. A qualquer hora, em qualquer lugar, posso colocar os fones nos meus ouvidos e ser romantizada. Suspiro.”

2. Demonstra que pensas nela quando ela não está por perto.

Isso pode ser demonstrado da maneira mais simples.
Adoro quando o meu namorado me envia links para histórias que ele sabe que me vão interessar – especialmente quando se trata de tópicos que não lhe interessam. Por exemplo, uma vez ele enviou-me um link para um artigo sobre todas as séries de TV “Star Trek” transmitidas pela Netflix. Eu desmaiei – e fiquei muito empolgada para assistir alguns episódios de “The Next Generation”.
“Adoro receber os textos aleatórios” Eu te amo “ou” Oi linda “. Eles me fazem sorrir tanto. Ah, e um dia, há alguns meses, notei que ele tinha mudado o papel de parede do celular para uma foto minha. Isso pode parecer pequeno, mas geralmente o seu papel de parede é uma imagem de um avião. Ele adora aviões. Então, quando vi que ele tinha mudado a foto para uma de mim, senti-me realmente especial. ”
3. Sê solidário.
Uma ligação romântica / sexual é incrível e importante, mas estar sinceramente interessado em saber quem é a pessoa, o ser humano autónomo, é essencial para fazer um relacionamento durar. Claro, é bom saber que teu namorado pensa que és gostosa, mas não ainda melhor quando ele deixa claro que te acha inteligente e fascinante?
“Eu gosto de quando eu falo sobre algo novo que eu estou interessada, ele reage com ‘eu acho que deverias fazer isso’.”

4. Limpar. Oh, rapazes, lavar os pratos – tão simples, tão significativo, tão sexy.

“Eu ficaria em êxtase e me sentiria tão amada se notasse que as coisas em nossa casa estão sujas e ele as limpou completamente por conta própria, porque o estado da nossa casa é tão importante para ele.”
“Quando estou super cansada depois de preparar o jantar, às vezes eu desço as escadas para arrumar a cozinha e ele já fez isso tudo.
5. Apresentar pessoas importantes.
Os nossos pais trazem o que há de melhor e pior em nós – querer que ela perceba essa dinâmica mostra confiança e vulnerabilidade e isso é romântico. Se já passaste esse ponto no relacionamento, querer reunir as duas famílias aumenta a confiança.
“O meu namorado de um ano e meio recentemente sugeriu que os meus pais e os seus pais se encontrassem. Pareceu-me um sinal de amor e compromisso que ele gostasse que a sua família conhecesse a minha. Essa foi a coisa mais romântica. ”

6. Cuida dela.

Nós, mulheres, não somos flores delicadas que precisam de ser manuseadas com luvas de pelica. Mas com certeza é bom ser nutrido às vezes.
“Depois do trabalho, um dia, quando houve uma nevasca, quando estava a ir para o meu carro percebi que ele o estava a limpar por mim (trabalhamos no mesmo lugar, mas não juntos). O facto de que ele saiu para o frio e fez com que meu carro estivesse pronto para eu dirigir para casa sem ter que perguntar pareceu-me a coisa mais doce de sempre! ”
“Quando eu estava em casa doente, ele saiu e deu-me um suprimento de canja de galinha, vitamina C, toneladas de laranja e 2 tipos de chá. E foi apenas um resfriado. Eu adoro estas pequenas coisas do dia-a-dia. Ou como quando eu referi um dia que gosto de queijo de corda, e ele chegou a casa do trabalho com o maior queijo de corda que eles tinham na mercearia. Tão fofo! ”

7. Surpreende-a!

Sério, não precisa de ser uma viagem ao Tahiti – não se trata de gastar muito dinheiro ou colocar horas no planeamento de algo chamativo. É sobre ser atingido com o desejo repentino de fazê-la sentir-se especial de uma maneira que tu sabes que a vai tocar. Isso é inestimável.
“No verão passado, o meu namorado acordou-me por volta das 11 da noite (o quê? Eu vou para a cama cedo.) E fez-me vestir enquanto eu resmungava incoerentemente para ele porque, bem, é o que eu faço quando acordo. Ele levou-me para o parque do lado de fora da sua casa, onde ele tinha um cobertor disposto para que pudéssemos assistir à chuva de meteoros Perseidas. E diz ele que não é romântico. ”
“Não me entendam mal, eu amo flores. Mas elas morrem depois de um tempo e eu tenho que mandá-las fora e limpar o vaso, que eu inevitavelmente adio até que elas fiquem moles e nojentas. Ele me conhece bem o suficiente para saber que nada me agrada mais do que uma surpresa. Não é terrivelmente romântico, mas de alguma forma ele lembra-se de todas as flores que ele me comprou no passado, então consegue nunca repetir! Isso é amor para mim. ”

Adaptado de @xoamelia


E tu, que achas achas mais românticos?
Deixa-nos a tua opinião 💛💛💛

30 Dias de Sexo: Aceitas o Desafio?

Provavelmente já ouviste falar sobre os vários desafios de 30 dias na internet … mas e se, dessa vez, for “s3xo”?

Foi através de uma destemida publicação no Reddit, que um casal lançou o Desafio 30 dias de sexo que se tornou viral.

Na verdade este desafio não é assim tão novo. Há uns anos atrás, um pastor na Flórida lançou este mesmo desafio aos seus paroquianos: fazer s3xo durante 30 dias seguidos e ver o quanto isso pode mudar o casamento.

O pastor-chefe Paul Wirth, da Igreja Relevante, em Ybor City, nos arredores de Tampa, diz que seu “Desafio Sexual de 30 Dias” foi uma forma de combater a perturbadora taxa de divórcio de 50% no país.

A ideia não é apenas física. De acordo com Wirth (que já assumiu o desafio), na verdade é uma maneira de aumentar a intimidade, prestar atenção um ao outro novamente e começar a atender as necessidades um do outro.

Wirth, que desde então escreveu um livro – 30DaySexChallenge – A Journey To Intimacy – diz que 20 milhões de americanos casados fazem sexo menos de dez vezes por ano. Isso é menos que uma vez por mês!

E tu? Estás pronto para o desafio??

Como Agir Depois Do Final De Uma Relação?

Muitas pessoas terminam uma relação e acabam por agir de maneira errada com a pessoa que mais queriam ao seu lado. Pensa melhor e percebe o que não deve ser feito quando um relacionamento chega ao fim.

Quando escolhemos alguém existem motivos para tal, seja um sorriso, um abraço… Não importa o que é, importa que escolhemos aquela pessoa e ela nos escolheu a nós mas, por vezes, a escolha pode não ser eterna. Quando o fim acontece, o mais importante é aprendermos a lidar com a situação.

Uma das piores coisas que pode existir, é quando a mulher termina com um homem, e cai na tentação de sair com o melhor amigo dele. Isso é errado por inúmeros motivos. Primeiro porque é amigo do teu ex. E isso pode transformar a amizade deles. Segundo porque sentir atração pelo melhor amigo do ex é extremamente cliché, e uma forma errada de tentar atingir a pessoa que um dia esteve ao teu lado. Terceiro porque pode ser que vire paixão, amor. E ai? Como irás lidar, com a convivência, de namorar o melhor amigo do teu ex, e com o teu ex? É melhor escolheres outro homem. Existem vários por esse mundo afora.
Outro erro fatal e que a maioria de nós comete, é cair na tentação, de dar uma “fugidinha” com o ex, isso pode ser simples, porque vocês já se conhecem, e vão satisfazer as vontades um do outro, sem precisar ter que conhecer alguém novo. Mas as consequências dessa escolha, podem ser piores do que imaginas. A saudade pode bater, o ciúme dele andar com outras pessoas além de ti. E muitos outros factos, que é melhor optar por não ter um “remember”.
Não gostas mais dele? Então mete isso na cabeça. E não brinques com os sentimentos alheios. Se não queres mais esse homem, sê clara contigo mesma, e com ele. Nada de o ficar iludindo. Mentindo que um dia, poderão voltar. Sendo que dentro de ti, tens a certeza que não existe volta. Respeita o sentimento do outro, para assim poderes ser respeitada também.
Xô depressão! Podes sim dar-te ao luxo de entrar em crise após o rompimento. Podes chorar o quanto achares necessário. Podes ficar alguns dias sem querer ver ninguém. Mas uma hora, precisas de te levantar e dar um basta na deprê. As tuas amigas vão-te dizer isso, os teus pais também, e por mais que aches que não, eles estarão muito certos! A vida precisa seguir, e ficar deprimida em casa, não vai adiantar nada, e muito menos mudar algo. Se achas que não conseguirás sozinha, pede ajuda!
Não importa qual o assunto, se é para falar mal ou bem é importante que deixes de pensar nele, inclusive falar mal dele. Evita querer saber o que ele está a fazer.

Gostaste deste artigo? Partilha com os teus amigos e deixa-nos a tua opinião 💙💙💙

18 Sinais de Que Encontraste a Tua Alma Gémea

Espiritualmente falando, diz-se que, mesmo antes de nasceres, o nome da tua metade espiritual já foi determinado. Cada alma tem um par perfeito … a sua alma gémea.

Embora a maioria das pessoas pense na sua alma gémea como uma perfeita harmonia, a tua verdadeira alma gémea espiritual é a pessoa que tem a intenção de ajudar-te a “te completares”.

As almas gémeas completam-se. Uma pessoa é incapaz de completar a sua missão na vida sozinho. Todo o mundo precisa de alguém para ajudá-lo a tornar-se uma pessoa melhor. E esta nem sempre é uma experiência feliz.
Estar num relacionamento de almas gémeas honesto, sincero e comprometido ajuda-te a te tornares uma versão melhor de ti mesmo. Tens que ir para além da tua zona de conforto, para além dos teus limites para encontrares o teu melhor EU.
Mesmo que tendamos a pensar em almas gémeas como uma união simbiótica, os relacionamentos de almas gémeas podem ser difíceis no começo. Eles podem ser como duas peças de quebra-cabeças pontiagudas tentando se encaixar no lugar. Às vezes parece que não te encaixas, mas logo depois de um pouco de torção, girando e girando as peças ao redor, sentes o momento do clique perfeito. É um sentimento profundo na tua alma, que diz, é este o tal.

Muitas vezes, as almas gémeas aparecem disfarçadas. Podem não se sentir fisicamente atraídos no inicio mas há uma força misteriosa a empurrar-te para a frente e que te diz que esta é a pessoa certa para ti.

Tens uma lista pessoal de tudo que queres num parceiro; alto, cabelos escuros (sem cachos por favor), musculado, etc, etc. Mas se és corajoso o suficiente para sair da tua lista de romance, abre os teus olhos e o teu coração para possibilidades inesperadas e podes ser um dos sortudos que encontra a sua verdadeira alma gémea.
Então, como reconhecer a tua alma gémea?
1. Simplesmente SABES
Algo profundo dentro de ti te diz que este é o tal. É como se uma força espiritual te empurrasse para largares tudo e te deixares ir completamente.
2. O vosso caminho já se tinha cruzado
Almas gémeas já se cruzaram uma e outra vez. Podem não ter se conectado, mas estavam no mesmo lugar, ao mesmo tempo.
3. As vossas almas encontram-se no momento certo
Cada pessoa precisa estar pronta para receber a conexão da alma. Tens que estar preparado para conhecer a tua alma gémea. Pode ser que tenhas que passar por um relacionamento que não funciona ou que não estejas preparado para ignorar a tua lista pessoal da pessoa perfeita mas tratando-se da alma gémea, será no tempo certo.
 
4. O espaço silencioso é um lugar pacífico
Estar em silêncio juntos é reconfortante como um cobertor macio numa noite fria de inverno. Quer estejas a ler na mesma sala ou dirigindo o carro, há uma paz tranquila entre vocês.
5. Consegues ouvir os pensamentos silenciosos da outra pessoa
Com almas gémeas, há tanta profundidade no relacionamento que podes sentir e ouvir o que o teu parceiro está a pensar, mesmo que não seja expresso verbalmente.
6. Sentem a dor um do outro
Vocês conseguem colocar-se no lugar um do outro. Vocês conhecem-se tão bem que connseguem perceber como foi o dia, assim que o outro entra na porta. Vocês sentem os sentimentos um do outro: tristeza, preocupação, stresse. E compartilham a felicidade e a alegria um do outro.
7. Vocês conhecem as falhas do outro e os benefícios delas
Sim, é verdade. As nossas falhas têm benefícios. Cada traço tem um lado positivo. É tarefa de cada pessoa procurar sempre  o bem, mesmo quando as coisas não parecem tão boas. Geralmente, há um benefício para cada falha. As pessoas teimosas são boas a tomar decisões, pessoas excessivamente organizadas não deixam ficar nenhuma conta por pagar.

8. Vocês partilham dos mesmos objetivos de vida
Vocês estão na mesma página em relação a valores, ética e objetivos. Podem ter uma maneira diferente de atingir esses objetivos, mas ambos desejam o mesmo resultado final.
9. Vocês não tem medo de ter uma conversa
Conversas podem ser desafiadoras. Expressar preocupações ou tentar tomar decisões é desconfortável. As almas gémeas sabem que, se unidos, serão capazes de resolver isso.
10. Vocês não têm medo de ficar sozinhos
Quer se trate de um jogar ténis três vezes por semana ou de uma noitada com os amigos, vocês respeitam a necessidade de independência um do outro, sabendo que, quando se reúnem, o vosso tempo é especial.
11. Vocês não sentem ciúmes
Miúdas bonitas no escritório ou personal trainers bonitos não são uma ameaça ao vosso relacionamento. Tu sentes-te seguro sabendo que é o único.

12. Vocês respeitam as diferenças e opiniões um do outro

Vocês sabem que têm opiniões diferentes. Muitas vezes, as almas gémeas são opostas. Às vezes isso é um desafio. Estes são os momentos em que você é forçado a deixar que a outra pessoa te complete. Continuas a ter a tua própria opinião, mas ao invés de concordar em discordar, há um profundo nível de respeito um pelo outro. Vocês ouvem e honram as diferenças.

13. Vocês não gritam, amaldiçoam ou ameaçam o outro com a separação
Claro que sentes a raiva. As pessoas magoam-se involuntariamente. Mas as almas gémeas não são desagradáveis, ofensivas ou punitivas.
14. Vocês cedem porque querem fazer o parceiro feliz
Dar muitas vezes pode ocorrer em relacionamentos insalubres, co-dependentes ou abusivos. Mas as almas gémeas dão com o propósito de se fazerem felizes.
15. Vocês sabem pedir desculpa
Não é fácil dizer “desculpa” ou admitir que se fez algo que feriu a pessoa que se ama. Almas gémeas percebem que as suas ações ou palavras causam dano. Mesmo que sintam que o seu ponto de vista é justo, se o parceiro é magoado com isso, pedem desculpa pelo dano causado.
16. Vocês se casariam novamente
Sabes que este é o único, o tal para ti. Mesmo nos momentos difíceis, escolherias o teu parceiro novamente. Sentes uma sensação de orgulho no teu parceiro.
17. Vocês completam-se um ao outro

Nenhuma pessoa é perfeita. Todos nós temos os nossos pontos fortes e fracos. Almas gémeas completam-se. É o yin e o yang da harmonia perfeita. Uma pessoa pode ser a extrovertida, enquanto uma é introvertida. Um pode ser social, enquanto o outro é uma pessoa caseira. As almas gémeas muitas vezes são opostos atraídos por uma pessoa que tem as partes que lhe faltam.

18. Estar nos braços um do outro faz desaparecer todo o stresse, preocupações e ansiedade

Não há lugar onde preferem estar no final do dia que nos braços um do outro. Se tiveste um dia difícil cheio de desentendimentos, uma briga com o teu chefe ou até perdeste o comboio, o que quer que tenha acontecido desaparece no segundo em que vocês se aconchega nos braços um do outro. Há um calor no coração, uma paz interior que podes sentir. Nenhuma palavra precisa ser dita. Tudo o que existe é a união silenciosa e feliz de duas almas juntas. Duas almas que deveriam estar juntas eternamente.

Gostaste deste artigo? Partilha com os teus amigos e deixa-nos a tua opinião 💜💜💜

9 Razões Que Levam Um Homem A Negar Sexo

Ao contrário do que se pensa, eles não estão sempre com vontade…

Há muitos motivos para os homens negarem s3xo, afinal as dores de cabeça não são uma desculpa só das mulheres. Todos têm os seus dias e há dias em que o humor não é propício para o s3xo e existem centenas de razões para isso.

1- Precisa de dormir 
Ele teve um dia longo, sente-se super cansado e só quer cair na cama e dormir a noite inteira. Ainda pensou no s3xo mas já não tem força para isso.
2- Está aborrecido com alguma coisa 
Tiveram alguma briga? Ele pode estar a matutar nisso, talvez para ele não tenha ficado resolvido. Mas não assumas que está chateado, sempre que não lhe apetecer.
3- Dores… 
Dores nas costas, no pescoço, o que seja. O s3xo não é tão agradável quando estás com dores, seja para as mulheres ou para os homens.
4- Preguiça 
Ele sabe que as mulheres precisam de preliminares mais do que os homens mas ele está com preguiça. Ele até está com vontade, mas não quer que penses que é egoísta.
5- Começou o jogo 
Nem são precisas explicações… começou aquele derby que ele não perderia por nada, nem por s3xo.
6- Excesso de trabalho 
Se ele anda stressado com o trabalho e não consegue relaxar, vai dormir com o trabalho na cabeça sabendo que no dia seguinte a luta continua, não vai ter vontade.
7- Está bêbado 
Ele está bêbado e sabe que a sua performance não vai ser nada boa, é muito provável que se negue. Afinal, há sempre o dia de amanhã, quando já estiver em si.
8- Está deprimido 
E quando falamos em estar deprimido é mesmo estar com uma depressão. Quando alguém está com uma depressão, é muito comum não ter vontade para o s3xo.
9- Baixa testosterona 
Níveis baixos de testosterona, a hormona masculina, levam à perda da libido portanto, nada de s3xo.

Gostaste deste artigo? Partilha com os teus amigos e deixa-nos a tua opinião nos comentários 💙💙

Como Ultrapassar A Obsessão Num Relacionamento

A maioria das mulheres depara-se com problemas e confusão nas suas vidas amorosas porque não sabem como é um relacionamento verdadeiramente saudável, e como é suposto sentirem-se. E não é para menos, considerando os retratos muito irreais do amor nos filmes, TV e música.

Existe essa ideia de que temos uma alma gémea e que histórias reais de amor devem ser preenchidas com obstáculos e drama. Embora isso seja um bom entretenimento, não é a vida real.

A maioria das histórias de amor que vemos na cultura pop estão enraizadas na paixão … não no amor verdadeiro. Algum grau de paixão é bom, mas um relacionamento inteiramente enraizado na paixão é geralmente condenado. Geralmente é baseado numa obsessão, ou idealização, mais do que uma genuína apreciação e aceitação de quem é a outra pessoa.
Existe uma tremenda diferença entre amor real e verdadeiro e obsessão ou fixação doentia.
Se achas que estás a viver uma fixação, no teu relacionamento amoroso, aqui ficam algumas dicas para ultrapassares essa osbessão.

Pensa nos perigos da obsessão 

A obsessão pode parecer romântico e amoroso mas tens que ficar ciente dos perigos da obsessão. Muitas vezes as pessoas com relacionamentos obsessivos lutam contra o crescimento porque ficam focados na outra pessoa e muitas das vezes tornam-se pessoas infelizes por serem dependentes de outro alguém.
Percebe que a felicidade e a independência estão interligados. (e independência não significa estar sozinho).

Escolhe amar-te a ti 

A maior parte das pessoas que estão obcecadas por um relacionamento, relutam em amar-se a si próprias. Procuram alguém para amar porque acham que é a única coisa que merecem.
Começa a amar-te a ti própria começando por reconhecer as tuas qualidades e satisfazendo as tuas necessidades emocionais.

Toma consciência da obsessão 

Se estás a ler este artigo, há uma boa chance de achares que podes ser obsessiva.
Admitir para ti mesma que te estás a tornar obsessiva é o primeiro passo para começar a mudar.

Olha para a relação pela perspectiva da outra pessoa 

O que importa para o teu parceiro? Podem ter prioridades e paixões na vida que não entendes. Percebe que a tua existência por si só não será a única prioridade e esperares isso é irrealista.
Em vez disso, tenta saber mais sobre as paixões do teu parceiro e tenta apoiá-lo.

Toma consciência que a obsessão pode mudar a maneira de veres as coisas

Se estás obcecada por alguém não consegues ver essa pessoa como ela é e isto aplica-se ao relacionamento também. Talvez aches que o relacionamento vai durar para sempre, mas o teu parceiro pode não sentir da mesma forma.
Numa relação saudável, ambos os parceiros estão na mesma página, emocionalmente.

Faz actividades que amas 

Tens quaisquer paixões ou hobbies? Tenta fazer algo que te interessa, todos os dias, desde a leitura de um capítulo de um livro a assistir a uma aula de yoga.
Isto vai fazer-te apreciar, todos os dias, a tua excelente companhia.

Reconhece a diferença entre um amor verdadeiro e um amor artificial 

Nenhum parceiro pode corrigir as tuas falhas ou remover os desafios da tua vida. Só tu podes fazer isso. Amor artificial é amar a versão de alguém que criaste na tua mente. Isto raramente é gratificante porque a pessoa que amas na verdade não existe.
Amor verdadeiro é amar alguém pelo que realmente é, com falhas e tudo.

Diz à pessoa que amas que estás a passar por uma mudança emocional. 

Pode ser muito difícil reconhecer que tens uma obsessão. Podes sentir-te confusa e insegura de quem realmente és, o que pode tornar-te emocional ou ligeiramente pegajosa.
Avisa as pessoas na tua vida que estás a passar por mudanças emocionais para que possam entender a tua situação e fornecer-te apoio.

Tenta uma abordagem descontraída 

Achas que tu e o teu parceiro estão bem adaptados um para o outro? Se assim for, percebe que vale a pena esperar. Pode não estar tão emocionalmente envolvido como tu estás agora, mas com o tempo a relação pode crescer – nem toda a gente se apaixona ao mesmo ritmo.

Passa tempo com os teus amigos e familiares 

Ao invés de focares na pessoa que amas, pensa em todas as pessoas que te amam. O teu parceiro não é tudo na sua vida, e passar tempo com os teus amigos e a família irá ajudar-te a perceber que tens outras prioridades, o que te vai ajudar a recuperar a independência.
Força e boa sorte! 😉