Dicas Relacionamento

7 Hábitos Comuns Que Podem Arruinar A Tua Vida Sexual

Se queres manter a sensualidade no relacionamento, alguns hábitos têm que ser mudados, segundo os especialistas.

Num mundo perfeito, o teu quarto seria um lugar sagrado para ti e o teu parceiro.

Vivemos vidas ocupadas, no entanto, não perfeitas. Os e-mails de trabalho acumulam-se e só lhes respondes antes de adormecer, ou as crianças entram no quarto e pedem para dormir na tua cama e tu não podes dizer não.

Interrupções acontecem, mas se as deixares acontecer com muita frequência, isso pode prejudicar o teu relacionamento. Abaixo, os terapeutas conjugais compartilham sete hábitos comuns para a hora de dormir, caso queiras manter a intimidade no teu quarto.

1. Ter conversas diárias na cama

Economiza, para outra ocasião, aquelas conversas pouco informadas sobre quem está a pagar a conta do telefone ou quem vai buscar o teus parentes ao aeroporto, disse Danielle Kepler, uma terapeuta em Chicago.

“Obviamente, os casais precisam discutir a logística do dia – alguém tem que pegar as crianças ou planear o jantar para amanhã – mas não no quarto”, disse ela. “Há algo sobre esse tipo de discussão que pode tirar a intimidade e o romance de uma sala.”

2. Levar o telemóvel para a cama

Quase três quartos dos americanos que moram com o cônjuge ou parceiro levam o smartphone para a cama com eles, de acordo com uma pesquisa recente. Dos entrevistados, 35 por cento disseram que a sua vida sexual foi atingida por causa do uso do telemóvel na hora de dormir.

“Quando estás no seu telemóvel ou a jogar, ficas tão imerso no teu mundo online, é como se a pessoa que partilha a tua cama não estivesse lá”, disse Alena Gerst, psicoterapeuta de Nova York. “Quando o teu parceiro disser algo ou pedir a tua atenção, tu podes nem ouvi-lo ou pedir que espere porque estás ocupado a olhar para a tela. Isso definitivamente não encoraja a intimidade ”.

3. Deixar as crianças ou o cachorro dormir na cama contigo

Se tens filhos pequenos, é inevitável que eles passem algumas noites na tua cama depois de um sonho assustador ou porque estão com uma birra. Deixa-os – eles são crianças por pouco tempo! – mas tenta não fazer disso um hábito, disse Kurt Smith, um terapeuta especializado em aconselhar homens.

“Eu aconselhei homens que reclamaram que eles vão para a cama e a parceira está a dormir na cama com o filho e isso só muda a forma como eles se sentem em relação ao quarto – não é mais o quarto deles”, disse ele. “Isso pode facilmente tornar-se uma fonte de ressentimento, conflito e desconexão entre parceiros”.

A mesma regra segue para o Boby também, por muito fofo o pequeno cão possa ser.

“Os clientes reclamaram do cheiro e da barreira física causada por um animal de estimação na cama”, disse ele. Torna-se um problema se estás com dificuldades para ter uma boa noite de sono ou não te sentes perto do teu parceiro porque o cachorro está na cama”.

4. Permitir que o quarto fique desarrumado

Sabes aquela pilha de roupa suja, meias sujas e bolsas que ganharam vida própria no canto do teu quarto? Terias muito mais hipóteses de ter sorte se deixares tudo ordenado.

“A desordem mata a intimidade”, disse Smith. “Um homem dizia-me na semana passada que o quarto deles não é muito romântico ou intimista para ele por causa da quantidade de desordem. Ele admitiu que é parcialmente culpado disso também.

5. Trabalhar no quarto

A primeira regra para manter um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal? Mantém as exigências do teu trabalho fora do quarto. Se realmente precisas responder a e-mails ou receber uma ligação após o expediente, fá-lo noutra sala.

“O que queres é associar a tua cama e o teu quarto à paz e ao romance, e não ao stresse de fazer o trabalho”, disse Kepler. “Faz, a ti e ao teu parceiro, um favor para bons hábitos de sono,  mantém o trabalho longe do quarto.”

6. Deixar o quarto tornar-se uma segunda sala de estar para a família

Não é incomum que o quarto dos pais seja outra sala de TV na casa. É um espaço divertido, quase fora dos limites, então é claro que as crianças querem assistir a desenhos animados lá. Satisfaça-os um pouco, mas tente levar a diversão para a sala de estar.

“Vários cônjuges disseram-me que amam os seus filhos, mas odeiam perder o espaço privado em casa”, disse Smith. “O quarto principal também pode tornar-se o salão de jogos das crianças, mas, se valorizas a tua intimidade,  não deves permitir isso.”

7. Assistir ou ler notícias

O ciclo de notícias é implacável, mas, em nome do teu relacionamento, resiste à vontade de ler o burburinho em torno do último tweet do presidente – pelo menos na cama.

“É natural querer deitar na cama e acompanhar as histórias do dia”, disse Gerst. “O problema é que deves voltar a atenção para o teu tempo de sossego e para o teu parceiro. As notícias do dia, especialmente nestes tempos turbulentos, podem ser perturbadoras e desencadear a sua resposta ao stress. ”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s