Comportamento Dicas de saúde Psicologia

10 Maneiras De Controlar A Ansiedade Rapidamente


Viver com ansiedade nunca é fácil. Milhões e milhões de pessoas, assim como tu, lutam com a ansiedade diariamente, procurando maneiras de encontrar qualquer tipo de alívio.
O controle da ansiedade é um processo a longo prazo – e não algo que pode ser feito da noite para o dia. Mas existem maneiras de combater a tua ansiedade que podem ser integradas à tua vida.

Se estás a sofrer de ansiedade agora, ou sofres de ansiedade o suficiente para precisar de alívio imediato, tenta as seguintes estratégias de redução.

1. Controla a tua respiração 

Sintomas de ansiedade graves são frequentemente associados a maus hábitos respiratórios.
Controlar a respiração é a solução – e não é o que tu pensas. Mesmo que sintas que não podes respirar fundo,  precisas diminuir a velocidade e reduzir a respiração, não tentes acelerá-la ou respirar mais fundo. Faz respirações mais controladas, mais lentas, mais rasas, usando a seguinte técnica:
Inspira lenta e suavemente pelo nariz por cerca de 5 a 7 segundos.
Aguenta cerca de três ou quatro segundos.
Expira devagar e suavemente pelos lábios franzidos como se estivesses a assobiar, por cerca de 7 a 9 segundos.
Repete este exercício dez a vinte vezes.
Este método de respiração irá garantir que não hiperventiles (um problema comum daqueles com ansiedade) e ajudará a recuperar o equilíbrio de CO2 no teu corpo que cria muitos dos piores sintomas de ansiedade.

2. Fala com alguém amigável 

A redução eficaz da ansiedade é muitas vezes sobre distração, já que a tua mente pode ser o teu pior inimigo quando tens sintomas severos de ansiedade.
Uma técnica muito eficaz é conversar com alguém de quem gostas e confias, especialmente ao telefone. Não sejas tímido com relação à tua ansiedade – diz que te sentes ansioso e explica o que estás a sentir.
Falar com pessoas de que gostas mantém a tua mente longe dos sintomas, e a natureza de apoio de amigos e familiares dá um impulso adicional de confiança.
Se estás a sofrer de um ataque de pânico, isso também te ajuda a sentires-te mais confiante de que, se algo estiver errado, terás alguém que pode cuidar de ti.

3. Tenta algumas atividades aeróbicas

Durante períodos de ansiedade, o teu corpo está cheio de adrenalina. Colocar essa adrenalina na atividade aeróbica pode ser uma ótima maneira de melhorar porque o exercício tem inúmeras vantagens para controlar os sintomas de ansiedade:
  • O exercício queima as hormonas do stresse que criam sintomas de ansiedade
  • Cansa os músculos, reduzindo o excesso de energia e tensão.
  • O exercício ainda liberta endorfinas que melhoram o humor geral.
  • Força uma respiração mais saudável.
  • É um saudável distração.

 

A atividade aeróbica, como corrida leve ou mesmo caminhada rápida, pode ser extremamente eficaz na redução da gravidade dos sintomas de ansiedade, bem como da própria ansiedade.

4. Encontra o que te relaxa 

Já existem coisas na tua vida que te relaxam. Não os evites nem tentes lutar contra eles. Em vez disso, faz as atividades o mais rápido possível. Por exemplo, se achas que um banho morno é relaxante, não esperes para tomar um banho. Salte para o banho, acende algumas velas, adiciona alguns aromas agradáveis ​​e pula lá para dentro.
Seja um banho, um chuveiro, saltar sobre pedras num parque, fazer uma massagem – se funcionar, faz imediatamente, em vez de te deixares sobrecarregar pela tua ansiedade.

5. Considera tomar Kava (também conhecido como Kava Kava)

É uma erva anti-ansiedade que muitos acreditam ser uma das formas mais eficazes e naturais para controlar a ansiedade.
Deves conversar com um médico antes de tomar kava, pois não pode interagir com outros medicamentos e álcool, mas kava tem nutrientes conhecidos como kavalactonas, que são muito eficazes na regulação da maneira como vivencías a ansiedade e promove maiores níveis de relaxamento sem qualquer risco de dependência.

6. Aprende a enganar o teu pensamento ansioso 

A ansiedade não vem do nada. Quando tens ataques de ansiedade, muitas vezes é porque a tua mente tende a andar em espiral em pensamentos negativos – muitas vezes sem o teu controle.
Às vezes, podes controlar essa ansiedade mantendo esses pensamentos à distância e aprendendo a identificar os gatilhos que te causam ansiedade.
Para muitos, é mais fácil falar do que fazer mas existem muitas estratégias diferentes que podes tentar que podem ser eficazes,  por exemplo:
– Uma lista de verificação de perguntas. Quando sentires uma ansiedade severa, tem uma lista de verificação nas mãos para te perguntares sobre essa experiência de ansiedade. Quanto mais longa a lista de verificação, mais tu descobrirás que os teus pensamentos se tornam mais realistas.
  • As perguntas que podes usar incluem:
  • Existe uma razão para acreditar que algo está errado?
  • Que evidência há de que algo está errado?
  • Existe uma possibilidade de eu estar a fazer isso parecer fora de proporção?

 

– Afirmações não são para todos, mas aqueles que as usam acham que são muito benéficas. Afirmações são coisas que dizes para ti mesmo para te sentires melhor. Estes incluem:
  • Eu estou bem. Isso é apenas ansiedade e eu vou superar isso.
  • Eu tenho uma ótima vida e estou ansioso pelo amanhã.
  • A minha ansiedade não me controlará.

 

– Habitua-te aos sintomas físicos.
Muitos dos pensamentos que afetam a ansiedade não são pensamentos em si, mas reações a experiências físicas. Isso é especialmente verdadeiro se tiveres ataques de pânico, em que uma sensação física pode desencadear ansiedade e pânico.
Ao te habituares com os sintomas quando não estás com ansiedade, a tua mente deixa de associá-los aos teus ataques de pânico. Os exemplos incluem:
  • Tontura – Se sentires que tontura causa um ataque de pânico, gira em torno de uma cadeira e deixa-te sentir tonto.
  • Batimento cardíaco rápido – Se um batimento cardíaco rápido causar ataques de pânico, corre o mais rápido possível até que o batimento cardíaco acelere.

 

Este último é conhecido como “terapia de exposição” e existem inúmeras maneiras de criar exercícios que irão habituar-te aos teus gatilhos de ataque de pânico.

7. Ouve uma boa música relaxante

Cada coisa pequena importa. É por isso que, mesmo que pareça que não fará uma diferença tremenda, ouvir sua música favorita pode ter um efeito poderoso em sua ansiedade. A chave é não apenas escolher as músicas que você gosta, no entanto. A chave também é garantir que você esteja ouvindo músicas que representem a maneira como você deseja se sentir. Música feliz ou relaxante, não apenas qualquer música. A realidade é que a música afeta as emoções. Então, enquanto muitas pessoas acham que é calmante ouvir música raivosa quando você está com raiva ou triste quando está triste, a verdade é que esse tipo de música só vai ajudá-lo a entrar em contato com essas emoções negativas. Eles não vão ajudar você a se sentir melhor. Quando você está tentando parar a ansiedade agora, você deve ouvir música que o ajudará a se sentir do jeito que você quer se sentir.

8. Deita tudo para fora 

A ansiedade é interessante, porque tende a piorar quando tentas combatê-la. O stresse que o teu corpo atravessa para controlar o stresse da ansiedade só piora, assim como o esforço necessário para tentar não sentir os sentimentos naturais, desejo de parar a ansiedade
Uma estratégia de enfrentamento interessante é ir a fundo abraçando-a. Eu gosto de chamar isso de técnica “enlouquecendo”.
Quando te estiveres a sentir ansioso, encontra um lugar onde possas ficar sozinho e enlouquecer. De certo modo, diverte-te um pouco com isso, mas também deixa sair todas as suas emoções.
Grita para os espelhos, soca almofadas.
Agita os braços e salta.
Deixa-te sentir como se estivesses a deixar sair todas as tuas emoções, e depois de algumas, vais chegar ao ponto em que te sentes um pouco tolo, e então continua com isso.
Isso permite que abraces a ansiedade e não tentes combatê-la
É melhor ter certeza de que ninguém está por perto, e não quebres nada importante para ti, mas, desde que o que estejas a fazer seja seguro, isso pode ajudar-te a sentires-te bem relaxado.

9. Faz amor

Não é um mito. A relação sexual pode ser incrivelmente calma. É uma atividade física distrativa que libera endorfinas e ajuda-te a sentires-te mais relaxado e menos tenso. Se tens alguém especial na tua vida que entende que estás a sofrer de ansiedade, não há problema em perguntar se está disposto a compartilhar algum amor.
Para ajudá-lo a sentir algum alívio dessa ansiedade, vocês dois devem chegar a algum tipo de compreensão que permita libertar alguma energia sexual e, possivelmente, melhorar o teu relacionamento no processo.

10. Vive o hoje 

Hoje, simplesmente aprender a viver o hoje pode ajudar com a tua ansiedade. Uma das coisas mais importantes que os psicólogos e conselheiros ensinam às pessoas com ansiedade é: “Tudo bem, estás ansioso. E daí?”.
As pessoas com ansiedade começam a concentrar-se muito em como se sentem e preocupam-se com o futuro. Cada dia se torna em tentar viver com ansiedade ao invés de tentar viver em geral. Aprender a abraçar a ideia de que tu tens ansiedade e tentar viver uma vida grande e excitante é importante.E o que é interessante é que se aprenderes a ter essa mentalidade – se deixares experimentar o medo e tentar viver a vida de qualquer maneira – descobrirás que a tua ansiedade tende a se dissipar com isso. Não é uma cura, mas está perto.
Coragem e espero que estas dicas te ajudem! 💙💙💙
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s