Alimentação Curiosidades Dicas de saúde

É Oficial, A Cerveja Reduz O Risco De Doença Cardíaca


Um brinde a isso!
É oficialmente, a cerveja é boa para ti porque reduz o risco de doença cardíaca e melhora a saúde do cérebro, revelam cientistas.

Embora calórica, a cerveja contém proteínas, vitaminas do complexo B, minerais e antioxidantes. Na verdade, contém mais do que o vinho, que muitas vezes é considerado mais saudável. Uma cerveja também contém produtos químicos que podem reduzir o risco de doença cardíaca. Mas beber ainda deve ser limitado a um litro por dia para homens ou meio para mulheres.

É uma das bebidas alcoólicas preferidas no mundo. E, felizmente para milhões de frequentadores de pubs, parece que a cerveja também pode ter vários benefícios inesperados para a saúde.
Além de saciar a tua sede, uma cerveja bem merecida também contém ingredientes nutricionais que ajudam a reduzir o risco cardíaco e a melhorar a saúde do cérebro.
De acordo com cientistas que publicaram pesquisas no American Journal of the Medical Sciences, a cerveja possui mais proteínas e vitaminas B do que o vinho, é rica em antioxidantes e pode reduzir a ocorrência de doenças cardiovasculares.

“O teor de antioxidantes da cerveja é equivalente ao do vinho, mas os antioxidantes específicos são diferentes porque a cevada e o lúpulo usados ​​na produção de cerveja contêm flavonóides diferentes dos das uvas usadas na produção do vinho”

“Os médicos devem estar cientes das crescentes evidências que apóiam os benefícios nutricionais e de saúde do consumo moderado de álcool como parte de um estilo de vida saudável”.

O nutricionista Sisi Yip disse ao South China Morning Post: “A cerveja contém traços de minerais como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco, cobre, manganês e selênio, flúor e silício. A cerveja também inclui uma variedade de polifenóis, como flavonóides e ácidos fenólicos, que contribuem diretamente para o sabor, a neblina, o corpo e a plenitude. Estes polifenóis são compostos naturais encontrados em plantas, incluindo flavonóides e ácido fenólico, que beneficiam o corpo humano e ajudam a combater doenças.
Quando ingeridos, podem ajudar a reduzir a probabilidade de desenvolver diabetes e doenças cardíacas, além de proteger as funções cognitivas.
Beber cerveja também pode levar a maiores níveis de lipoproteína de alta densidade – AKA o colesterol bom. Isso ajuda a diluir o sangue e remover a placa nas artérias.
No entanto, há um problema: esses benefícios só são aproveitados quando a cerveja é consumida com moderação, não em grandes quantidades.
De acordo com o Chief Medical Officer do Reino Unido, os bebedores não devem consumir mais de quatorze unidades por semana regularmente. Exceder isso pode resultar em danos ao fígado, doenças cardíacas e ganho de peso.

‘Divida a sua bebida por três ou mais dias se você beber regularmente até 14 unidades por semana. Idealmente, o limite de saúde é de até um litro para homens e meio litro para mulheres por dia ”, acrescenta Yip. 

Traduzido e adaptado de: dailymail.co.uk
Interessante? Partilha com os teus amigos.
Ajuda-nos a crescer 💛💛💛
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s