Comportamento Desenvolvimento pessoal Sucesso

13 Coisas De Que Deves Desistir Para Teres a Vida Que Queres


Há uns tempos (largos) atrás, se me falassem em desistir de coisas para ter a vida que queria, seria logo motivo para nem abrir o artigo para ler.

Hoje sei que todas estas desistência, e provavelmente mais umas quantas, são parte do segredo para o meu sucesso.

O sucesso é relativo e tem uma significado diferente para cada um de nós mas há coisas que são universais e, seja qual for, o teu significado de sucesso, serás sempre bem sucedido ao desistires destas coisas…

“Alguém me deu uma vez a definição do inferno: “No seu último dia na Terra, a pessoa que você se tornou se encontrará com a pessoa que você poderia ter se tornado.” – Anónimo

1. Desiste do estilo de vida pouco saudável
Se queres conseguir alguma coisa na vida, tudo começa aqui. Primeiro tens que cuidar da tua saúde, e há apenas duas coisas que precisas ter em mente: Uma dieta saudável e atividade física. Um dia vais agradecer-te!

“Cuide do seu corpo. É o único lugar onde você tem que viver. ”- Jim Rohn

2. Desiste da mentalidade a curto prazo
As pessoas bem-sucedidas estabelecem metas de longo prazo e sabem que esses objetivos são apenas o resultado de hábitos a curto prazo repetidos todos os dias. Esses hábitos saudáveis não devem ser algo que tu fazes; eles deveriam ser algo que tu ÉS. Há uma diferença entre: “Trabalhar para obter um corpo de verão” e “Trabalhar porque é quem tu és”.

“Você só vive uma vez, mas se viver de forma certa, uma vez é o suficiente.” – Mae West

3. Desiste de apostar baixo
Se nunca tentares aproveitar as grandes oportunidades, ou permitires que os teus sonhos se tornem realidades, nunca soltarás o teu verdadeiro potencial. E o mundo nunca se beneficiará do que poderias ter alcançado. Então dá voz às tuas ideias, não tenhas medo de falhar e, certamente, não tenhas medo de ter sucesso.
4. Desiste das tuas desculpas
As pessoas de sucesso sabem que são responsáveis pela sua vida, não importando o ponto de partida, as fraquezas e os fracassos do passado. Perceber que és responsável pelo que acontecerá na tua vida é ao mesmo tempo assustador e excitante. E quando fazes isso, torna-se a única maneira de te tornares bem sucedido, porque as desculpas limitam e impedem-nos de crescer pessoal e profissionalmente. Domina a tua vida; ninguém mais o fará.

“O futuro pertence àqueles que aprendem mais habilidades e as combinam de maneiras criativas.” – Robert Greene, Mastery

5. Desiste da “mentalidade fixa”
As pessoas com uma mentalidade fixa pensam que a sua inteligência ou talentos são simplesmente traços fixos, e que somente o talento leva ao sucesso – sem muito trabalho. Eles estão completamente errados. Pessoas bem sucedidas investem uma quantidade imensa de tempo diariamente para desenvolver uma mentalidade de crescimento, adquirir novos conhecimentos, aprender novas habilidades e mudar sua percepção para que possam beneficiar nas suas vidas. Lembra-te de quem és hoje, não de quem tens que ser amanhã.
6. Desiste de acreditar na “fórmula mágica”
O sucesso enquanto dormes é um mito. Fazer pequenas melhorias contínuas, diariamente, fará alcançar, com o tempo, os resultados desejados. É por isso que deves planear o futuro, mas concentrar-te no dia que está à tua frente e melhorar apenas 1% todos os dias.

“Todos os dias, de todas as formas, estou ficando melhor e melhor” – Émile Coué

7. Desiste do teu perfecionismo
Nada será perfeito, não importa o quanto tentemos. O medo do fracasso (ou mesmo o medo do sucesso) frequentemente impede-nos de agir e colocar a nossa criação no mundo. Mas muitas oportunidades serão perdidas se esperarmos que as coisas estejam certas.
Então, navega e melhora esse 1% por dia.
8. Desiste das multitarefas
Pessoas bem sucedidas sabem disso. É por isso que eles escolhem uma coisa e depois a transformam num objectivo. Não importa o que seja – uma ideia de negócio, uma conversa ou um treino.
Estar totalmente presente e comprometido com uma tarefa é indispensável.

“Você nunca chegará ao seu destino se parar e atirar pedras em todos os cães que latem.” – Winston S. Churchill

9. Desiste da tua necessidade de controlar tudo
“Algumas coisas dependem de nós, e algumas coisas não dependem de nós.” – Epicteto, filósofo estóico
Diferenciar estes dois é muito importante. Desliga-te das coisas que não podes controlar e concentra-te naquelas que podes, e fica sabendo que às vezes, a única coisa que serás capaz de controlar é a tua atitude em relação a algo.
Lembra-te, ninguém pode ficar frustrado ao dizer “M#$%a” com uma voz irritada.
10. Desiste de dizer SIM às coisas que não apoiam os teus objetivos
As pessoas bem-sucedidas sabem que, para alcançar seus objetivos, elas terão que dizer NÃO a determinadas tarefas, atividades e demandas dos seus amigos, familiares e colegas. A curto prazo, podes sacrificar um pouco de gratificação instantânea, mas quando os teus objetivos se concretizarem, tudo valerá a pena.

“Você fica parecido com as pessoas com quem passa mais tempo.” – Jim Rohn

11. Desiste das pessoas tóxicas
As pessoas com quem passamos mais tempo somam-se a quem nos tornamos. Há pessoas que são menos realizadas na sua vida pessoal e profissional, e há pessoas mais realizadas que nós. Se passares algum tempo com aqueles que estão atrás de ti, a tua média diminuirá e, com isso, o teu sucesso. Mas se passares tempo com pessoas que são mais talentosas do que tu, não importa o quão desafiador isso possa ser, terás mais sucesso.
Dá uma olhada ao teu redor e vê se precisas fazer alguma alteração.
12. Desiste da tua necessidade de agradar a todos
Pensa em ti como um nicho de mercado. Haverá muitas pessoas que gostam desse nicho, e haverá indivíduos que não gostam. E não importa o que faças, nunca conseguirás que todos gostem de ti. Isso é totalmente natural e não há necessidade de te justificares. A única coisa que pode fazer é permanecer autêntico, melhorar e fornecer valor todos os dias e saber que o crescente número de “inimigos” significa que estás a fazer coisas importantes.

“A única maneira de evitar irritar as pessoas é não fazer nada importante.” – Oliver Emberton

13. Desiste da dependência em redes sociais e televisão
A navegação na web e a observação televisiva impulsivas são doenças da sociedade atual. Esses dois nunca devem ser uma fuga da tua vida ou dos teus objetivos. A menos que os teus objetivos dependam de ambos, deves minimizar (ou mesmo eliminar) a tua dependência deles e direcionar esse tempo para coisas que podem enriquecer a tua vida.

“O problema é que você acha que tem tempo” – Jack Kornfield

O que achaste deste artigo? Junta-te à conversa e partilha a tua opinião.
Traduzido e adaptado de: medium.com
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s